sexta-feira, 24 de maio de 2013

Médico joga dois cães do sexto andar de prédio. Foi autuado e liberado


Cão da raça poodle
Um médico de 51 anos jogou dois cães, de raças "poodle" e "pastor alemão", do sexto andar de um prédio no Rio de Janeiro (Rua Belford Roxo, Copacabana). O fato ocorreu na noite de quarta-feira, levando os animais imediatamente a óbito. Segundo presentes, o homem foi quase linchado por populares.

O alegado autor do crime, o qual, segundo a família, sofre de transtornos mentais e depressão, foi autuado por abuso e maus tratos contra animais. Liberado em seguida, pode ser condenado a pena de 3 meses a 1 ano.
Isto revelaria algo sobre os direitos dos animais no Brasil? Revela, este extremo, a profunda dimanação de maus tratos no país ou se trata de um caso isolado, decorrente, sobretudo, de uma patologia psíquica? A pena é razoável para este tipo de atrocidade? Ficam as indagações.

Lígia Ferreira é analista de sócio-mecanismos.



Comentários
0 Comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...