domingo, 9 de junho de 2013

Por inflação e desemprego, aprovação do Governo Dilma cai 8 pontos percentuais, segundo Datafolha


Dilma Rousseff. Imagem: Sobralagora/Terra
A aprovação de Dilma Rousseff caiu pela primeira vez em dois anos de pesquisas. Segundo Datafolha, isto reflete o pessimismo dos brasileiros em relação à economia. 

Segundo o levantamento anterior, feito em março, a presidente detinha 65% de aprovação. No mais recente, 57%. De acordo com o instituto de pesquisas, esta perda é uniforme e distribuída: entre homens e mulheres, em todas as regiões do país, abrangendo todas as faixas etárias e todas as faixas de renda.


O pessimismo aparenta crescimento: há maior preocupação com a inflação e o desemprego. Para 51% dos brasileiros, a inflação irá subir (em março, o índice era de 45%). Pessimismo similar ocorre em questões como desemprego, situação econômica do país - e do entrevistado -, poder de compra do salário, entre outros.

A despeito do queda de popularidade, a presidente ainda é a "favorita" para a eleição presidencial no ano que vem. No cenário mais provável, em que enfrentaria Aécio Neves (PSDB), Marina Silva (Rede) e Eduardo Campos, venceria, ainda, com 51%. A pesquisa foi realizada nos dias 6 e 7 de junho.

O que pensa a respeito? Por que o pessimismo é crescente na população? Seria um resultado da abordagem midiático, como alegam alguns, ou isto decorre, de fato, de resultados negativos e preocupantes?

Quanto à pesquisa para as eleições, decorreria isto de maior exposição e de maior popularidade da presidente, tendo em vista o cargo ocupado e eleições anteriores ou, de fato, os cidadãos entrevistados têm informações plenas? Manifeste sua opinião e contribua para o diálogo democrático.

Lígia Ferreira é analista de sócio-mecanismos.

Com informações de ne10, UOL, JMB e Folha Press.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...