terça-feira, 23 de julho de 2013

Roseana Sarney é acusada de fraudar eleição no Maranhão



José Sarney e Roseana Sarney. Imagem: Agência Brasil
O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA) solicitou à Polícia Federal abertura de inquérito para apurar indícios de fraudes nas eleições de 2010, nas quais Roseana Sarney (PMDB/MA) foi eleita governadora no primeiro turno.

Suspeita-se que ao menos 40 mil votos foram computados após o término das eleições, o que indicaria caráter fraudulento.


Conforme laudo elaborado a pedido do candidato derrotado, Flávio Dino, do PCdoB, foram contabilizados votos após as 17h20 em 70% das cidades.

“A ocorrência simultânea de muitos votos rápidos e tardios pode estar apontando para situação de inserção indevida de votos nas urnas em condições sem fiscalização, compatível com a modalidade de fraude de ‘emprenhamento da urna’ pelos mesários”, afirmaram os engenheiros especialista no tema, Amílcar Brunazzo Filho e a advogada Maria Cortiz.

Em algumas seções, 20% dos votos foram computados após o encerramento do horário. 

“O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão solicitou à Polícia Federal que apurasse declarações feitas pelo Sr. Flávio Dino, acusando os membros do TRE/MA de ter fraudado o pleito 'na calada da noite' - os juízes se sentiram caluniados e decidiram recorrer à polícia”, afirmou o secretário de Comunicação do Maranhão, Sérgio Macedo, em nota oficial.

Caio Barbosa.

Com informações de iG.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...