domingo, 4 de agosto de 2013

Prefeito renuncia ao cargo "para não roubar"



Prefeito Marcio Faber. Imagem: Divulgação

Márcio Faber, prefeito de Paranapanema, no interior de São Paulo, decidiu renunciar menos de oito meses após assumir o cargo. O político alega ter descoberto que o salário era baixo demais para o seu padrão de vida e que, caso não abrisse mão do cargo, poderia ter de "roubar" a prefeitura.



"Tinha dois rumos a seguir: ou voltava a trabalhar e ganhava meu dinheiro honestamente ou tirava da prefeitura", afirmou à TV Globo.

Segundo ele, as dificuldades financeiras emergiram do fato de que seu salário como prefeito, R$5,8 mil, não chegava a 20% do que auferia como médico.

"Foi o maior exemplo de hombridade. É um caso inédito no Brasil, alguém renunciar para não roubar", comentou o ex-vice-prefeito, Antonio Nakagawa (PV). Agora novo prefeito, diz que aceitará o salário: "Sou contador e aposentado, para mim é suficiente".

Qual é a sua opinião a respeito destes fatos?

Marcos Camponi.

Com informações de Folha de S.Paulo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...