quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Seca no Nordeste já matou 85 mil animais neste ano


Gado morre devido às condições climáticas no Nordeste.
Imagem: MeuAraripe

Mil quatrocentos e setenta municípios da região Nordeste estão em situação de emergência por causa da seca. Falta comida para os animais e as reservas de água estão quase no fim.



Uma água esverdeada é o que sobrou de um grande açude em Caucaia na região metropolitana de Fortaleza. Mesmo imprópria, é a única disponível para as famílias desta comunidade.


Mais de dez milhões pessoas sofrem com a seca no semiárido brasileiro, que enfrenta a pior seca das últimas décadas. No Ceará, 95% dos municípios estão em situação de emergência. Hoje, a água que existe nas cisternas é trazida por carros pipa.

"Não tem como a gente ficar aqui não, porque não tem água e sem água ninguém vive", diz Lucileuda Alves, dona de casa. Segundo a Agência Nacional de Águas, metade dos reservatórios do Nordeste está com até 30% da capacidade e a água que resta neles deve acabar logo. Isto porque, nos últimos meses do ano, as altas temperaturas e a baixa umidade do ar fazem a água evaporar mais rapidamente. 

Os açudes de pequeno e médio portes já estão praticamente secos. Sem água nem pasto, a principal vaca do agricultor Erivaldo está tão fraca, que não consegue mais ficar em pé. "Sem comida e sem água fica ruim, da até vontade de chorar desse jeito...", comenta Erivaldo Silva Mota, agricultor. 


No Ceará, 85 mil animais morreram este ano por causa da seca. Para não perder todos os bichos, o agricultor Mardes vendeu mais da metade do rebanho. Hoje, os sete animais que restam só têm esta água pra beber, que deve durar até o próximo mês. 

"É a pergunta que a gente faz todo dia cedinho depois de acordar: quando acabar essa aguinha aqui, o que é o que a gente vai ter para os animais, o que vai ser da gente e da nossa criação? Porque ninguém tem outra alternativa", lamenta José Mardes Rocha, agricultor. 

Aline Oliveira 

Jornal Hoje
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...