quinta-feira, 7 de novembro de 2013

TJ-MG extingue processo contra Aécio Neves em que era acusado de irregularidades na Saúde


Imagem: Revista Fórum
O senador Aécio Neves (PSDB-MG), provável candidato do PSDB à presidência da República em 2014, já não precisará mais se preocupar com questões judiciais daqui até a eleição. Duas semanas atrás, a procuradoria-geral da República arquivou uma representação apresentada por adversários políticos, que questionava seu patrimônio pessoal. 
Ontem, Aécio teve mais uma vitória, quando o Tribunal de Justiça de Minas Gerais arquivou, por unanimidade, uma ação judicial que apontava supostos desvios de R$ 4,3 bilhões na área da saúde, no tempo em que ele foi governador de Minas Gerais (2003-2008).
Na decisão, os desembargadores do TJ-MG chegaram até a questionar as motivações da procuradora que apresentou a ação, uma vez que o caso de Minas foi semelhante ao de vários outros estados. Na prática, o que se questionava era se recursos aplicados em saneamento poderiam ou não ser enquadrados como investimentos em saúde – e os juízes entenderam que sim, concluindo, portanto, que não teria havido desvios.
Até antes dessa decisão, a pendência judicial alimentou uma intensa guerrilha de informações na internet. Setores mais próximos ao PT disseminavam a informação de que Aécio teria desviado R$ 4,3 bilhões da saúde em proveito pessoal. O PSDB, por sua vez, acusava o PT de utilizar a ação para patrocinar uma campanha difamatória contra Aécio na internet. Depois da decisão de ontem, o caso tende a murchar também nos meios digitais.
24/08/13
247
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...