sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Agricultor desesperado denuncia perseguição e vendas de sentenças no Mato Grosso; assista


Imagem: Reprodução
O agricultor Aureo Marcos Rodrigues da cidade de Porto Espiridião-MT, está desesperado e já não sabe mais o o que fazer com as perseguições que, segundo ele, Juízes, Desembargadores e Funcionários da justiça do Mato Grosso empreendem contra ele e sua família.


Tribunal de Justiça de Mato Grosso e as denúncias contra magistrados corruptos

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu diversas denúncias contra juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça do Mato Grosso. Eles são acusados de envolvimento com organização voltada para a manipulação e venda de decisões judiciais, mediante exploração de prestígio, corrupção ativa e passiva. A ação penal teve origem em dois inquéritos, de Goiás e do Mato Grosso, que foram reunidos no STJ em 2010. Desde então, os magistrados estão afastados dos cargos.

Um outro inquérito foi inicialmente instaurado na Justiça Federal do Mato Grosso, para apuração de denúncias de manipulação de decisões na Justiça Eleitoral. Durante a investigação, surgiram indícios do envolvimento de membros do Tribunal Regional Eleitoral (TER-MT) em atividades ilícitas, o que gerou a declinação de competência para o STJ.

Denúncias do agricultor no Youtube e demais redes sociais de 30/12/2013:

[...] Me chamo Marcos Antônio Rodrigues e venho através desse pedir que me ajudem a compartilhar com o máximo de pessoas possíveis esse vídeo e dividir o sofrimento que eu e minha família estamos passando nos últimos 3 anos, porque parece que a justiça só tem efeito aos injustiçados quando o caso cai na boca do povo... Há mais de 7 anos atrás meu pai e eu fizemos denúncias de um esquema de venda de sentenças e corrupção no estado de Mato-Grosso formado por desembargadores, juízes, advogados, funcionários públicos, empresários e narcotraficantes.

Acontece que armaram uma situação para meu pai nos últimos 3 anos, onde o poder judiciário, visando perseguição, fez uma servidão de passagem (que corta nossa propriedade rural ao meio e passa dentro da nossa casa) para que pessoas que possuem uma ficha criminal com o narcotráfico e homicídio utilizem, deixando eu e minha família a mercer do perigo.

Acontece que existe uma outra rota para essas pessoas utilizarem, mas a armação com o poder judiciário é tão grande que as autoridades fingem não enxergar esse caminho e tudo que tentamos fazer para provar acaba se tornando o mesmo que uma sentença de morte. Hoje eu e minha família convivemos com essa injustiça e recebemos diversas ameaças de morte dessas pessoas até mesmo várias tentativas de homicídio, pois eles andam fortemente armados com capangas dentro da nossa propriedade, e as autoridades locais que tem o dever de acabar com isso somente prevaricam em seus cargos. Pois a ideia do grupo é matar meu pai para que todos os procedimentos sejam arquivados.

Eu peço que todos me ajudem a compartilhar esse vídeo para que esse caso chegue até a imprensa, onde mostra toda o resumo da história e as provas que existem uma outra passagem e que falta somente as autoridades enxergarem e trazerem a segurança e privacidade que eu e minha família merecemos.

Os vídeos são do Agricultor Aureo Marcos Rodrigues postados no Youtube e redes sociais). 



Folha Centro Sul
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...