domingo, 5 de janeiro de 2014

Após FIFA dizer que Brasil foi o pior país em velocidade das obras, Governo responde


Ministro Aldo Rebelo. Imagem: Dida Sampaio/AE
BRASÍLIA - As reclamações do presidente da Fifa, Joseph Blatter, quanto aos atrasos do Brasil na preparação para sediar a Copa do Mundo de 2014 foram respondidas neste domingo pelo Ministério do Esporte. De acordo com nota divulgada pela sua assessoria de comunicação social, o País estará pronto a tempo de receber com êxito a competição, marcada para começar no dia 12 de junho - até agora, seis dos 12 estádios que serão utilizados no torneio ainda não foram entregues.

"As informações que chegam ao Ministério do Esporte, enviadas pelas autoridades encarregadas de preparar as cidades-sede para a Copa do Mundo e aquelas apuradas pelo próprio ministro, que a cada três meses visita as obras, dão conta de que o país estará pronto a tempo", afirma o ministério.


Neste fim de semana, em entrevista publicada pelo jornal suíço 24 Heures, Blatter afirmou que nunca viu atraso parecido na preparação de um país para sediar a Copa do Mundo desde que começou a trabalhar na Fifa - ele faz parte da entidade desde 1975 e passou a ocupar a presidência em 1998.
De acordo com Blatter, só agora o Brasil se deu conta da necessidade de acelerar as obras para que tudo fique pronto até junho. E ele lembrou que o país foi escolhido em 2007 para sediar o evento. A declaração, porém, foi rebatida pelo Ministério do Esporte. "O Brasil trabalha na preparação do Mundial desde que foi escolhido para sediar o torneio", garantiu.


O ministério também citou a alta procura pelos ingressos da Copa do Mundo de 2014 para garantir que o País tem a confiança da comunidade internacional de que a competição será um êxito, "a melhor de todas". "A procura por ingressos para os jogos - a maior em todas as copas - mostra que torcedores do mundo inteiro confiam que a Copa de 2014 será a melhor de todas que já foram realizadas", finaliza o Ministério do Esporte em sua nota oficial. 
Mauro Zanatta

Agência Estado
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...