quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

'Apertei a mão do maior homem do Brasil, concorra à presidência', diz comandante da Marinha a Joaquim Barbosa


Imagem: José Cruz/Abr
Virada do ano de Joaquim Barbosa é marcada por manifestações políticas

No Rio para passar a virada do ano, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, esteve na tarde de nesta segunda-feira em um samba, no Clube Renascença, no Andaraí. 

O ministro chegou às 18h20m, acompanhado de dois sobrinhos, assessores e seguranças, para assistir ao show do sambista Moacyr Luz e do Samba do Trabalhador. E de lá só saiu por volta das 21h.

Leia também: Peritos criminais elogiam conduta de Joaquim Barbosa no julgamento do mensalão

Com traje informal — blusa polo, calça bege e tênis —, Barbosa seguiu direto para o camarote, no segundo andar do clube. Não sem causar alvoroço: foi aplaudido pela multidão, mas pode se ouvir também vaias em meio à gritaria.

Barbosa não quis falar de política e, perguntado se cairia no samba, foi categórico:
—Não vou sambar —E brincou: — Já viu mineiro sambar?

Leia também: Mesmo sem ser candidato, Joaquim Barbosa coloca medo em partidos

Entre fotos e sorrisos, comeu aipim com carne seca, frango à passarinho, bebeu água e migrou para a cerveja. A atriz Taís Araújo cumprimentou o ministro, e visitou a mesa de Barbosa com frequência.

Por causa das dores na coluna, que o impedem de ficar sentado por muito tempo, o ministro se levantou com frequência. Em dois momentos, chegou a batucar e cantarolar “Brasil Pandeiro", que ficou famosa na versão dos Novos Baianos, e “Quem te viu, quem te vê”, de Chico Buarque, além de acenar da sacada.

Leia também: Juiz critica Lula e Dilma por excluírem Joaquim Barbosa do enterro de Mandela

— Eu apertei a mão do maior homem do Brasil, não vou nem dormir hoje. Eu disse pra ele: concorre à Presidência, não abre mão não. Ele acenou com a cabeça — disse José Barbosa, comandante da Marinha.

Leia também: Colunista de Carta Capital diz que J. Barbosa é um 'desequilibrado' que está 'desmoralizando' a Justiça

— Nunca tinha visto tietagem tão grande. Estive com ele em junho, quando o convidei para vir ao samba. Disse que viria ainda este ano, mas eu não acreditei — contou Daniel Silva, vice-presidente do Renascença: — Todo ano, em novembro, elegemos um Zumbi no Dia da Consciência Negra, alguém que tenha feito muito pela raça e, ano passado, ganhou ele. Como é uma pessoa muito importante para nós, o retrato dele vai ficar para sempre aqui.

Leia também: Hackers invadem site do PT e deixam mensagem de apoio a Joaquim Barbosa

Com Letícia Fernandes, O Globo

Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...