sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Justiça nega pedido da família Perrella e cede helicóptero às autoridades do ES


Imagem: Divulgação / PF
A Justiça do Espírito Santo negou à família Perrella o pedido de devolução do helicóptero apreendido com 445 kg de cocaína. A 1ª Vara Federal Criminal do Estado autorizou o uso da aeronave pelo Estado capixaba e pela Polícia Federal.

Pertencente a uma empresa do deputado estadual Gustavo Perrella (SDD-MG), o helicóptero foi apreendido em novembro. O juiz federal titular Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa citou, em sua decisão, uma lei que determina que veículos e aeronaves apreendidas por tráfico de drogas devem ficar sob custódia das autoridades policiais.

O governador Renato Casagrande (PSB) e a Superintendência Regional da Polícia Federal haviam enviado ofícios à Vara Criminal, solicitando o helicóptero. A decisão do juiz foi tomada na terça-feira (7).

A aeronaves da empresa Limeira Agropecuária foi apreendido pela Polícia Federal no Espírito Santo e o piloto, Rogério Antunes, foi preso em flagrante. Ele disse que não sabia que a carga era composta por cocaína. Antunes também tinha cargo na Assembleia, por indicação do deputado Gustavo, e recebia R$ 1.700 mensais. Foi exonerado após o episódio.

A PF descartou o envolvimento de Gustavo Perrella e de seu pai, o senador Zezé Perrella (PDT-MG).

Folha de S. Paulo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...