quinta-feira, 27 de março de 2014

ONU aprova resolução contra anexação "ilegal" da Crimeia pela Rússia


Imagem: Yannis Behrakis/Reuters
A Assembleia Geral da ONU aprovou nesta quinta-feira (27) uma resolução em que denuncia a anexação da Crimeia pela Rússia como "ilegal".

Na prática, a medida formaliza a rejeição da comunidade internacional à incorporação do território e significa que o Ocidente não reconhece a Crimeia como parte da Federação Russa. A mesma resolução apoia a "integridade territorial" da Ucrânia e pede uma solução pacífica para a crise gerada após o referendo.

Em um texto não vinculativo aprovado por 100 votos a favor, 11 contra e 58 abstenções, a Assembleia ressaltou que a consulta popular do último dia 16 na península da Crimeia "não tem validade" porque "não foi autorizada" pelo governo de Kiev.

"Afirmamos nosso compromisso com a soberania, independência política, unidade e integridade territorial da Ucrânia a partir de suas fronteiras reconhecidas internacionalmente", disse a Assembleia geral em uma resolução.

Na quarta (26), mais de 40 países, liderados pelos Estados Unidos, denunciaram a anexação da Crimeia pela Rússia e expressaram preocupação com o destino da minoria tártara, bem como com ativistas e jornalistas desaparecidos.

Em uma declaração conjunta ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), eles conclamaram a Rússia a permitir que observadores internacionais sejam enviados a toda a Ucrânia, "incluindo a Crimeia".

A Rússia concordou com os outros 56 membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) quanto ao envio de uma missão de monitoramento de seis meses à Ucrânia, mas disse que ela não se aplica à Crimeia. 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...