sexta-feira, 25 de abril de 2014

Datena defende Sheherazade, diz que país vive ditadura e desafia governo a cortar publicidade de seu programa


Imagem: Reprodução/Band
Em desabafo feito na noite desta quarta-feira (23), o apresentador José Luiz Datena defendeu a colega Rachel Sheherazade, âncora do "SBT Brasil". Em edição do jornal em fevereiro, Rachel declarou compreender a ação de "justiceiros", que acorrentaram um suposto infrator a um poste, no Rio de Janeiro. Pressionados por parlamentares e sob ameaça de perder os R$ 150 milhões de publicidade federal, a direção do SBT optou por retirar os comentários dos âncoras Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto.


Datena não se conteve, criticou a censura feita a jornalistas e revelou que também teve publicidade cortada depois de criticar o aumento do IPTU, promovido pela gestão municipal de Fernando Haddad.

"Corta aqui, para você vê se eu não vou atrás. Vocês não são os bonzões?! Cortaram a publicidade do SBT só porque a moça [Rachel Sheherazade] deu a opinião dela. Certa ou errada, mas é a opinião dela", disparou o jornalista, durante o "Brasil Urgente", da Band. "Cortaram a publicidade do SBT. Eu sei porque é fonte fiel", revelou em seguida.

Veja também:

"Já cortaram verba daqui depois que eu meti o pau no aumento do IPTU [na gestão Haddad, do PT]. Nem é preciso dizer o nome, não é?", detonou.

"Sofremos para conseguir a tão sonhada democracia, e agora ficam nos censurando. Que ditadura é essa disfarçada de democracia?", questionou o apresentador, visivelmente irritado.

Veja também:

UOL SP
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...