domingo, 6 de abril de 2014

Paulo Coelho diz que não virá à Copa como protesto contra Dilma, o PT e o estado dos hospitais


Imagem: Divulgação
A Copa do Mundo no Brasil ganhou mais um desfalque e novo capítulo polêmico neste sábado. Em entrevista ao jornal O Globo, o renomado escritor Paulo Coelho informou que, como forma de protesto, não virá ao país para assistir o torneio, mesmo tendo ingressos para os partidas entre as seleções.

Segundo o artista, que hoje reside em Genebra, na Suíça, o motivo para tal decisão é político. Revoltado com o PT, partido da presidente Dilma Rousseff, ele diz não poder compactuar com o evento.


"Não vou à Copa, embora tenha ingressos. Eu não posso estar dentro do estádio sabendo o que se passa lá fora com os hospitais, a educação e tudo o que o clientelismo do PT tem renegado muito", atacou.

"Há uma profunda decepção. Eu acho que o poder cega. O PT foi muito bem, é responsável por um grande avanço; mas que não começou com ele, e sim com o FHC. De repente eu vi que a coisa toda começou a virar meio um clientelismo. Acho que o PT infelizmente perdeu o rumo, como qualquer partido que fica muito tempo no poder", completou o escritor.

Ainda sobre os grandes eventos esportivos, Paulo Coelho analisou positivamente as manifestações ocorridas em junho de 2013, durante a Copa das Confederações.


"Acho as manifestações profundamente justas. Foi um momento para o PT se dar conta de que não pensa o Brasil sozinho", analisou o artista.

UOL via Tribuna Hoje
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...