terça-feira, 3 de junho de 2014

Ministro da Justiça afirmou que Brasil está seguro para estrangeiros um dia depois de filha sofrer tentativa de assalto


Imagem: Antônio Cruz/Abr
José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, afirmou que o país está seguro para receber estrangeiros apenas um dia após sua filha ter sofrido tentativa de assalto. Leia abaixo as matérias da Folhapress e do Notícias ao Minuto:


Cardozo: Estrangeiros devem se sentir seguros
Um dia após a realização de manifestações em Brasília que acabaram com um policial sendo atingido por uma flecha disparada por um índio, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse ontem que protestos acontecem no mundo inteiro e que turistas devem se sentir seguros para virem à Copa do Brasil.
De acordo com Cardozo, o episódio ocorrido na manifestação de terça-feira mostra que a polícia está presente nos protestos e pronta para garantir o cumprimento da lei. "Os estrangeiros devem se sentir seguros, sim. Pois mostra que a polícia está presente para garantir o cumprimento da lei, da liberdade de manifestação, e não permitir abusos", disse.
Questionado se um índio ao atingir a perna de um policial com uma flecha seria um "abuso", Cardozo disse que a polícia deve atuar para garantir o direito de manifestações e evitar que pessoas "abusem" desse direito.

Veja também:

Brasil tem maior número de mortes por armas de fogo do mundo
O ministro ainda reiterou que a liberdade de manifestação deve ser garantida, pouco importando que grupos querem se manifestar ou quais sejam as suas pautas. Perguntado se seria necessário impedir que índios portem arcos e flechas em eventuais novas manifestações, Cardozo explicou que "em cada caso a situação deve ser analisada e tomadas as medidas cabíveis".
A imprensa internacional noticiou com destaque o confronto entre indígenas e policiais militares, após o protesto anti-Copa de terça-feira realizado em Brasília.
Ontem, quem também manifestou posição semelhante à de Cardozo foi o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Após evento no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em que Cardozo e Janot participaram, o procurador disse que os estrangeiros devem se sentir seguros, pois manifestações acontecem em toda a parte do mundo. "Isso não abalará a festa, a grandeza da festa e a convicção do estrangeiro que ele está num país amigo e num país seguro", disse.
Mais protestos
Às vésperas da Copa do Mundo, movimentos contrários aos gastos do torneio prometem mais manifestações durante os jogos em Brasília e afirmam que a ação policial reflete a preocupação dos governos com os protestos, agora com a adesão de grupos indígenas e sem-teto.
Na tarde de ontem, índios, sem-teto e os contrários à Copa se reuniram para anunciar um novo protesto amanhã, além de denunciar a repressão da PM.
A manifestação de amanhã pretende, mais uma vez, chegar ao estádio Mané Garrincha, arena mais cara da Copa. (Folhapress via Comércio de Jahu,29/05)

Leia também:

Por que os crimes violentos são tão raros na Islândia?


Mayra Cardozo, Filha de José Eduardo Cardozo, sofre tentativa de assalto
A filha do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, Mayra Cardozo, foi vítima de tentativa de assalto na noite de terça-feira, no bairro do Morumbi. Segundo a Folha de São Paulo, ela estava com a sua mãe Sandra quando o carro foi abordado por cinco assaltantes, na entrada do túnel presidente Jânio Quadros. De acordo com o diário, a filha de Cardozo arrancou com seu carro – blindado e escoltado por dois agentes federais – levando os criminosos a se dirigirem aos carros dos agentes, acabando também por desistir. A Polícia Federal abriu um processo para avaliar se houve falhas na segurança da filha do ministro, que ainda não se manifestou sobre o episódio. A PF indicou ainda que "o incidente ocorrido em São Paulo envolvendo familiares do ministro da Justiça está sob apuração da instituição, sendo mantida em sigilo, na forma da lei". (Notícias ao Minuto, 29/05)
Leia também:
EUA, Reino Unido e Alemanha emitem alerta de segurança para turistas na Copa

Lígia Ferreira
Folha Política
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...