quarta-feira, 9 de julho de 2014

Para jornalista, relatórios do TCU sobre Pasadena 'desmascaram' Dilma Rousseff


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O site Ucho.info publicou uma análise sobre os recentes relatórios do Tribunal de Contas da União. Os relatórios tratam da compra da refinaria de Pasadena e da responsabilidade dos membros do conselho administrativo, entre eles a atual presidente. Para o jornalista, o relatório é a comprovação da "incompetência administrativa do PT na gestão da Petrobras". 



O jornalista vai além e faz diversas acusações relativas ao propósito por trás da compra da refinaria de Pasadena. 


Leia abaixo a íntegra do post: 

Mentira desfeita – Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) comprova, mais uma vez, a incompetência administrativa do PT na gestão da Petrobras. Para o líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno (PR), a investigação desfaz a propaganda petista de “boa gerente” de Dilma Rousseff. Na opinião do parlamentar, o relatório destacou que Dilma, como presidente do conselho administrativo da estatal, tinha o dever de impedir a aquisição da refinaria de Pasadena, nos Estados unidos. Bueno defendeu a intensificação dos trabalhos entre a CPI Mista da Petrobras e o TCU.
Rubens Bueno ressaltou que Dilma não deveria ter se limitado a um resumo técnico sobre o negócio e lembrou que a petista tinha todas as informações necessárias para impedir a compra da refinaria. “Tudo isso mostra a gestão temerária praticada pelo PT na Petrobras. Dilma sabia que o negócio não era bom para a empresa e mesmo assim chancelou a compra. Como presidente do Conselho Administrativo ela deveria ter se municiado com todos os pareceres que apontavam que o negócio seria ruim para a estatal. Não deveria ter se limitado apenas a um resumo técnico. Se fosse uma boa gerente, como pregam por ai, não teria permitido a compra.”, disse.
O deputado defendeu a intensificação dos trabalhos realizados pela CPMI e pelo TCU. Segundo Bueno, as informações serão fundamentais para compreender a gravidade do caso. O líder do PPS ressaltou que já apresentou requerimento solicitando as auditorias realizadas pelo Tribunal sobre o caso. “Temos que ir fundo em toda essa sujeira. Precisamos identificar os responsáveis e puni-los com rigor. O governo do PT afundou a principal empresa brasileira. A sociedade exige respostas e nós as buscaremos”, adiantou.
Leia também: 
De acordo com reportagem do jornal “O Globo”, relatório do TCU indica que os gestores da petroleira brasileira teriam causado dano de pelo menos U$ 126 milhões aos cofres da Petrobras por terem desconsiderado um laudo de avaliação da refinaria de Pasadena. O documento teria sido elaborado por uma consultoria, contratada pela própria companhia, e apontava um preço inferior ao que acabou sendo pago. De acordo com a investigação do Tribunal, a empresa teria desembolsado U$ 170 milhões pela metade de um estoque que não valia U$ 66,7 milhões.
Muito pior do que a nefasta aquisição de uma refinaria superfaturada e obsoleta. Na verdade, a refinaria foi usada como moeda de troca na compra do silêncio de alguns personagens da política nacional que sabiam demais sobre o conjunto de ilegalidades que desaguou na CPMI dos Correios, cuja investigação desvendou o Mensalão do PT, o maior e mais ousado escândalo de corrupção da história brasileira.
Cargos na Petrobras, em Pasadena, foram oferecidos para que alguns agentes políticos adotassem silêncio obsequioso diante de eventual investida dos integrantes da CPMI dos Correios. Por sorte, algumas das pessoas procuradas por prepostos do bandoleiro governo do PT decidiram enfrentar a pressão e revelar a podridão que se esparramou na Praça dos Três Poderes.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...