sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Apresentador da televisão estatal cubana aproveita viagem e pede exílio em Miami


Imagem: Reprodução / Spotnik
Em entrevista ao programa El Espejo, do canal americano América TeVe (voltado para os imigrantes cubanos em Miami), o apresentador cubano Tejedor Ravelo revelou ter decidido não regressar a Cuba, onde era apresentador do telejornal “El Cierre”, do canal estatal Cuba Vision. 


Assista ao vídeo (em espanhol):


Apresentador do programa “Noticiero del cierre” e locutor da  Radio Ariguanabo, Tejedor descreveu o governo cubano como uma ditadura e revelou ao jornal El Nuevo Herald que sua decisão baseia-se numa busca por um ‘futuro melhor e com maior liberdade’, e que deseja realizar-se como profissional e ser humano. O jornalista estava a 5 meses em Miami, numa viagem autorizada pelo governo. Decidiu aproveitar a ocasião para se exilar.


Leia também:

Assim como o canal America TeVe, o jornal El Nuevo Herald é conhecido pelo espaço que garante aos exilados cubanos e já havia revelado as histórias de Carlos Otero, apresentador e comediante refugiado em Miami desde 2008, e Aida Calviac Mora, ex-editora chefe do jornal estatal Gramna, que desertou no início de 2013.


Na entrevista ao canal America TeVe, que contou com a presença de Aida, a ex-editora chefe da principal publicação cubana assegurou que inúmeros outros jornalistas estão seguindo o mesmo rumo: o exílio nos Estados Unidos.

Felippe Hermes
Spotnik
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...