terça-feira, 12 de agosto de 2014

Jonathan Wheatley, do FT, humilha eleitores brasileiros: 'Mesmo com a economia caindo cada vez mais, estão felizes'


Imagem: Reprodução/Financial Times
As perspectivas de crescimento para a economia brasileira estão como a “dança da cordinha” (dança em que os participantes vão passando por baixo de uma corda esticada ou uma barra), diz a o jornal britânico “Financial Times”.

“A cada volta, um pouquinho mais baixo”, diz o texto, publicado no blog “beyondbrics” por Jonathan Wheatley.


Na segunda-feira, a pesquisa Focus, realizada pelo Banco Central com economistas dos bancos, mostrou que a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2014 recuou pela 11ª semana seguida. Os analistas agora esperam uma alta de 0,86% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro este ano.

O “FT”, no entanto, ressalta que os eleitores não parecem preocupados com essa perspectiva, já que a aprovação do governo Dilma Rousseff subiu de 31% para 32% em agosto. Whatley ironiza que, mesmo com reprovação do mercado, queda de ações, consecutivos desastres nas previsões de crescimento, o eleitor brasileiro em geral parece não perceber a gravidade da situação. De acordo com o autor, em geral, a estagnação econômica implica queda de popularidade, não o contrário.

Leia também:

Folha Política com reportagem de G1 SP e matéria do Financial Times Blogs
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...