domingo, 5 de outubro de 2014

Dilma deve esperar Marina falar antes de se pronunciar sobre o primeiro turno


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A equipe de coordenadores da campanha petista aconselha Dilma Rousseff a fazer seu pronunciamento neste domingo (5) somente após manifestação de Marina Silva (PSB). O PT aguarda a apuração das urnas, mas já prevê enfrentar Aécio Neves (PSDB) no segundo turno.

O objetivo do comitê dilmista é aguardar o tom que a adversária do PSB usará no seu discurso. Se o tom não for agressivo, a intenção dos petistas é que Dilma faça um aceno já no pronunciamento em direção à ex-ministra do Meio Ambiente, de olho em um possível apoio da candidata no segundo turno.


Também interessado no apoio de Marina, o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso disse na tarde deste domingo (5) que pretende procurar a ex-senadora pessoalmente, caso Aécio Neves passe para o segundo turno.


O PSB não deve seguir Marina caso ela decida não apoiar ninguém, como fez o PV em 2010, quando abrigou a candidatura presidencial da ex-senadora. "Não temos a tradição de ficar em cima do muro", disse o presidente do partido, Roberto Amaral, amigo de Lula e próximo ao PT.

Desta vez, o PV também não pretende ficar neutro. Eduardo Jorge, candidato à presidência do partido, disse neste domingo que a legenda não deve repetir a mesma postura de 2010.

Dilma vai acompanhar a apuração das urnas no Palácio do Alvorada com ministros e assessores.

Já estão no local o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Franklin Martins, ex-ministro da Comunicação do governo Lula e coordenador de campanha da presidente.

Natuza Nery e Andréia Sadi
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...