quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Lula diz que eleitores de Marina têm 'obrigação' de votar em Dilma


Imagem: Reprodução / Veja
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira (22) que o clima de "histeria" na campanha eleitoral deste ano se assemelha ao que antecedeu o suicídio do presidente Getúlio Vargas, em 1954. Disse ainda que os eleitores de Marina Silva (PSB) têm a "obrigação" de votar em Dilma Rousseff (PT) no segundo turno.

Lula discursou para milhares de pessoas em uma visita a Porto Alegre, onde fez campanha para Dilma Rousseff e para o governador petista Tarso Genro, que tenta a reeleição. Ele contou que leu a biografia de Getúlio escrita pelo jornalista Lira Neto e que se sentiu "horrorizado".

Leia também: 

"A mesma histeria que a direita tinha contra Getúlio, nos anos 50, eu vejo estampada no discurso dos nossos adversários", disse. Ele ainda ironizou o papel da imprensa, dizendo que a mídia claramente "não tem partido nem candidato".

Também afirmou que, quando o partido lança candidato, "eles querem saber até a cor da roupa íntima que nós usamos". "E os adversários não têm que provar nada".

Em debate na semana passada, o tucano Aécio Neves usou a expressão "mar de lama" para se referir ao governo Dilma, a mesma que era utilizada pela oposição na década de 1950.

Lula também ligou o mote tucano de "choque de gestão" com torturas feitas na época da ditadura militar. "Esse negócio de choque de gestão já deram na Dilma, o choque de gestão utilizado na tortura", disse.

No discurso, o ex-presidente afirmou ainda que não consegue entender o ódio e a "loucura" contra o PT na campanha. "Parece que é uma luta de classes."

Aos militantes ele pediu ainda a busca de votos de eleitores da presidenciável derrotada Marina Silva. "A nossa querida companheira Marina... Eu espero que, se eles se lembrarem da relação da Marina com o Tarso... Todo mundo que votou na Marina tem obrigação moral e política de votar no Tarso e na Dilma. Não tem outro voto, porque votar no Aécio é votar no atraso", disse.

No meio do primeiro turno, Marina foi o principal alvo de ataques da campanha de Dilma na TV e de discursos de Lula. No Rio Grande do Sul, a candidata do PSB teve desempenho abaixo da média nacional –obteve 11,5% dos votos.

Lula ainda fez críticas ao adversário de Tarso no segundo turno, José Ivo Sartori (PMDB). Disse que a eleição do peemedebista seria uma "aposta no nada" e vai provocar cortes de gastos estaduais. Ainda nesta quarta, o ex-presidente fará campanha em Mato Grosso do Sul.

Veja também: 


Felipe Bächtold
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...