quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Ministério Público Federal recebe representação contra Dilma por uso dos Correios na campanha


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno (PR) protocolou, na tarde desta quarta-feira (1), em Brasília, representação no Ministério Público Federal contra a presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) pelo uso dos Correios na campanha eleitoral. No documento, Bueno argumenta que a partir de reportagem do jornal “O Estado de S. Paulo” é possível constatar “campanha aberta” feita pela empresa a favor da petista, o que configura crime de improbidade administrativa. Rubens Bueno pede a abertura de inquéritos e, confirmados os fatos, que sejam promovidas ações competentes cabíveis.

Veja o vídeo: 

/div>



Segundo o texto da representação, não há dúvida de que “houve má utilização de empresa pública por agentes do Estado para finalidades político-partidárias”, o que constitui uma “afronta ao processo democrático”.

Leia também: 

O episódio, diz a representação, mostra “que estamos diante de um aparato criado pelo PT que se utiliza e se beneficia de todas as empresas públicas deste país em proveito próprio, desrespeitando os princípios constitucionais”.

O líder pede que o Ministério Público apure as notícias relacionadas ao episódio e tome “providências legais e processuais cabíveis acerca dos atos e crimes supostamente ocorridos”.

É a segunda representação que Rubens Bueno levará ao procurador-geral da República contra a candidata à reeleição. Na semana passada, o Estadão já havia revelado que os Correios abriram uma “exceção” para entregar, sem chancela, quase 5 milhões de folders da campanha de Dilma no interior de São Paulo.

Veja também:



Ucho.info
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...