quinta-feira, 30 de outubro de 2014

PSDB pede auditoria de apuração dos votos no TSE


Imagem: Fellipe Sampaio / STF
Quatro dias após o resultado oficial da eleição presidencial, na qual uma pequena diferença de votos – diante do contingente nacional – reconduziu a presidente Dilma (PT) ao segundo mandato, o PSDB decidiu pedir oficialmente uma investigação da apuração dos votos.

Em nota oficial, o partido informa acreditar na segurança da urna e no processo eleitoral, mas nas entrelinhas deixa claro que vê com desconfiança a lisura do processo de totalização dos votos das urnas.

Informa a nota: “Temos absoluta confiança de que o Tribunal Superior Eleitoral – TSE cumpriu seu papel, garantindo a segurança do processo eleitoral. Todavia, com a introdução do voto eletrônico, as formas de fiscalização, auditagem dos sistemas de captação dos votos e de totalização têm se mostrado ineficientes para tranquilizar os eleitores quanto a não intervenção de terceiros nos sistemas informatizados''.

Leia também: Ex-programador da NASA e da ExxonMobil admite que fraudou urnas eletrônicas; assista
Fabricante das urnas eletrônicas brasileiras é investigada por fraudes em caixas eletrônicos de Bancos
Deputado recebe ameaças de morte após denunciar que urnas eletrônicas brasileiras são uma fraude
Como funciona o voto impresso
Roseana Sarney é acusada de fraudar eleição no Maranhão
'Otário' faz vídeo crítico às urnas eletrônicas; assista
Jornal da Band denuncia fraude nas urnas eletrônicas; assista
Aplicativo para celular vai fiscalizar a urna eletrônica
"The Noite" mostra falhas das urnas eletrônicas apontadas por professor da Unicamp; assista
Professor da Unicamp cria aplicativo para eleitores fiscalizarem as urnas eletrônicas e pede ajuda

“Diante deste quadro de desconfiança por parte considerável da população brasileira, o Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB decidiu apresentar ao TSE, no dia de hoje (30/10), um pedido de auditoria especial''.

Os tucanos querem uma comissão especial “formada por pessoas indicadas pelos partidos políticos, objetivando a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral, iniciando-se com a captação do sufrágio, até a final conclusão da totalização dos votos''.

Nesta quinta (30), duas faixas foram fixadas pela manhã na Praça dos Três Poderes, na frente do Palácio do Planalto, com as inscrições “Impeachment'' e “Fraude eleitoral''.

Veja também: 

Vídeos relacionados


Leandro Mazzini
UOL
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...