sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Dono da UTC diz que tinha contato com Vaccari, do PT, e 'doutor Freitas', do PSDB


Imagem: Zanone Fraissat / Folhapress
O sócio-proprietário da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa, 63, disse em depoimento à Polícia Federal que mantinha "contato mais próximo" com arrecadadores de doações para campanhas eleitorais do PT, representado pelo tesoureiro João Vaccari Neto, e do PSDB, por meio de um emissário identificado apenas como "doutor Freitas".


Segundo depoimentos de dois executivos da Toyo Setal que fizeram acordos de delação premiada na Operação Lava Jato, Ricardo Pessoa coordenava um "clube" de empreiteiras que fraudava licitações e fazia pagamentos a agentes públicos.

À Folha, Sérgio de Silva Freitas, ex-executivo do banco Itaú que atuou na arrecadação de recursos de campanhas de políticos do PSDB em 2010 e 2014, disse que esteve apenas em 2014 com o empreiteiro na sede da UTC.

Leia também: 
Tesoureiro do PT permanece em cargo de Itaipu
CPI mista da Petrobrás aprova quebra de sigilo bancário de tesoureiro do PT
O objetivo da visita, segundo Freitas, foi angariar recursos para a campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Freitas disse que a UTC fez doações à campanha, todas declaradas à Justiça Eleitoral, e negou ter procurado o empreiteiro atrás de recursos.

"[Era] um grupo de pessoas que fazia isso para o partido. Normalmente. Assim como foi feito com todos os doadores", disse. "[Os integrantes desse grupo são] Todos ligados ao partido, todo mundo se esforçou por isso, eu sou um de muitos."

Freitas afirmou que não participava da arrecadação de doações, mas sim do "convencimento". "Mas eu não dou recado, nada."

Freitas disse estar "perplexo como tudo mundo" com a Lava Jato, mas que não iria fazer pré-julgamentos.

Vaccari não foi localizado para falar sobre o assunto.

Leia também: 
Líder do PSDB protocola representações solicitando o afastamento imediato de Graça Foster
Deputado denuncia 10 autoridades do governo Dilma por mentiras e ocultação de dados durante as eleições
Trabalhadores que investiram FGTS na Petrobras já perderam quase 90% do dinheiro
Governo já admite que Lava Jato pode afetar crescimento econômico em 2015

Segundo dados da Justiça Eleitoral, nas eleições de 2014 a UTC doou R$ 2,5 milhões ao comitê do PSDB para presidente e mais R$ 4,1 milhões aos comitês do partido em São Paulo e em Minas Gerais, além de R$ 400 mil para outros candidatos tucanos.

Ao PT, as doações da UTC no mesmo período somaram cerca de R$ 19 milhões. A direção nacional do partido recebeu R$ 10,8 milhões e a campanha de Dilma Roussef (PT), mais R$ 5 milhões. O restante foi distribuído para outros candidatos da sigla.

Em depoimento à PF na terça (18), Ricardo Pessoa negou a existência do "clube" de empreiteiras e negou ter pago propinas ou comissões a funcionários da Petrobras. 

Veja também: 


Aguirre Talento, Gabriel Mascarenhas e Rubens Valente
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...