terça-feira, 18 de novembro de 2014

'Eles não ouvem ninguém, não reconhecem os erros e levam o partido ao isolamento', diz Marta Suplicy


Imagem: Reprodução / Implicante
Marta Suplicy pode decidir entre três caminhos depois de ter pedido demissão do Ministério da Cultura: disputar a legenda do PT com Fernando Haddad para concorrer à Prefeitura de São Paulo em 2016, sair do partido ou ficar no Senado aguardando a eleição para o governo do estado em 2018. Segundo Marta, a grande razão para sua saída é “a maneira autoritária como Dilma, Mercadante e Rui (Falcão) conduzem o governo do PT. Eles não ouvem ninguém, não reconhecem os erros e levam o partido ao isolamento”.
Leia também: 

Veja também: 


Implicante
Editado por Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...