domingo, 9 de novembro de 2014

Em Porto Alegre, manifestantes protestam contra gasto de milhões em homenagem a líder comunista


Imagem: Foto: Hermes Teixeira da Rosa/Arquivo Pessoal
Perto a ser inaugurado em Porto Alegre, o Memorial Luiz Carlos Prestes foi alvo de manifestações contra o comunismo neste sábado (8). Cartazes, cruzes até uma coroa de flores foram colocadas na tela em frente ao prédio projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, próximo ao Anfiteatro Pôr do Sol. 


Os cartazes traziam frases como “abaixo o comunismo”, “traidor da democracia e “vamos derrubar o memorial ao comuna Prestes”. O ato, organizado pelas redes sociais, foi intitulado “Aniversário da Queda do Muro de Berlim e Homenagem às Vítimas do Comunismo”.

“Passei ali na frente agora de tarde e fiquei apavorado com o que eu vi. Como arquiteto dessa obra, é uma coisa que me deixa muito triste. É lamentável esse tipo de coisa no Grande do Sul”, comentou o arquiteto Hermes Teixeira da Rosa, responsável pela execução da obra.

Segundo o arquiteto, os manifestantes não tiveram acesso ao prédio, previsto para ser inaugurado até o final do ano. O local receberá uma mostra permanente de objetos pessoais, fotos, armas utilizadas por Prestes e seus revolucionários e alguns documentos, além de um espaço para exposições temporárias. 

Nascido em Porto Alegre, Luis Carlos Prestes (1898-1990) foi um militar e político comunista que liderou a Coluna Prestes. O movimento político, de 1925 a 1927, era contrário ao governo da República Velha. Os integrantes percorreram cerca de 25 mil quilômetros pelo interior do país.

Memorial Prestes. Imagem:  Ivo Gonçalves/PMPA
Veja também:

Vídeo relacionado



G1 RS
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...