terça-feira, 25 de novembro de 2014

Governo quer que o Congresso seja cúmplice no crime da presidente Dilma, diz Ronaldo Caiado


Imagem: Reprodução / Facebook Ronaldo Caiado
Em meio a grande tumulto, a Comissão Mista de Orçamento aprovou ontem (24) a chamada "Lei do Calote", que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias para que a presidente Dilma possa fechar as contas no vermelho. A aprovação da lei ocorreu depois de duas votações, a portas fechadas, sendo que manifestantes foram impedidos de entrar. 

O deputado Ronaldo Caiado se manifestou contra a aprovação da lei e postou texto no Facebook com seu comentário. Para ele, o governo quer que o Congresso seja cúmplice em crime de responsabilidade cometido pela presidente Dilma. 

Leia abaixo o texto publicado por Ronaldo Caiado:  

O governo inventou o 'superávit negativo' e quer que o Congresso seja cúmplice no crime da presidente Dilma, que não cumpre as metas fiscais que ela própria fixou. A base governista votou a favor desse projeto arbitrário que abandona a meta fiscal. Somos motivo de chacota mundial. É inaceitável, inadmissível que esta Casa seja usada para tirar digitais de Dilma do seu crime de responsabilidade! O relator do projeto – PLN 36/2014 – Romero Jucá tem uma incrível capacidade de mutação. É incrível como consegue fingir que o relatório é algo que não é. Não tem mais meta fiscal em troca da distribuição de cargos na Esplanada dos Ministérios. Demonizaram Armínio Fraga e agora convidam Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda para que a presidente tenha condições de sobreviver. Com o rombo nas contas entre setembro e outubro fica nítida a utilização da máquina do governo em benefício da campanha. A mídia registrou tudo o que aconteceu na Comissão de Orçamento hoje. Essa votação está sob judice. Ainda temos a batalha no plenário do Congresso. Não seremos coniventes com o cometimento de crime da presidente!
Leia também:
Após nova votação, comissão aprova outra vez "Lei do Calote"


Veja também: 


Luciana Camargo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...