quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Pendência na votação de meta fiscal deve garantir acordo de ministérios


Imagem: Câmara dos Deputados
Depois de uma maratona, a base aliada votou quase tudo o que o Palácio do Planalto desejava: o projeto que reduz a meta para o superávit primário e outros três destaques. Mas faltou votar apenas uma emenda. A sessão caiu por falta de quórum, faltando poucos minutos para as cinco horas de manhã. 


Um parlamentar do PT não escondeu a frustração. A avaliação pragmática é de que os partidos da base entregaram praticamente tudo o que a presidente Dilma Rousseff pediu. Mas, por segurança, deixou uma pequena pendência que será fácil de ser resolvida na próxima semana. 

Leia também: 


Essa pendência servirá como garantia para o cumprimento dos acordos em torno do loteamento de cargos no primeiro escalão. O PMDB, por exemplo, quer ampliar de cinco para seis ministérios. Com a sinalização de que apoiou o governo, os peemedebistas e outros aliados esperam receber um espaço generoso no segundo governo Dilma.

Vídeos relacionados




 
  



Gerson Camarotti
G1
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...