quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Ameaça de usar 'exército' mostra que Lula é o Maduro brasileiro, diz colunista


Imagem: Reprodução / Veja
A fala do ex-presidente Lula em ato em 'defesa' da Petrobras, convocando o 'exército' do MST para as ruas, vem causando intensa repercussão. Felipe Moura Brasil, da revista Veja, afirma que a fala do ex-presidente revela suas semelhanças com o ditador Maduro, da Venezuela, que Lula sempre apoiou. 

Leia abaixo o texto completo: 

Veja nas declarações abaixo a semelhança entre dois ícones da truculência esquerdista sul-americana, desesperados com o risco de desmoronamento do seu projeto de poder:
1) “Se funcionários da direita tentam chegar ao poder pela via da violência, dou a ordem ao povo para que, junto com as Forças Armadas, saia às ruas para defender a revolução.”
Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, incitando o exército bolivariano à guerra contra a população insatisfeita, um dia após a repressão policial ordenada por ele resultar no assassinato de um adolescente de 14 anos durante um protesto contra a ditadura no estado de Táchira, epicentro da onda de manifestações que eclodiu no ano passado.
Leia também: 
Ex-chefe de segurança de Hugo Chávez se refugia nos EUA e acusa governo do país e de Cuba de tráfico de drogas

2) “Quero paz e democracia, mas, se eles não querem, nós sabemos brigar também, sobretudo quando o João Pedro Stédile colocar o exército dele do nosso lado."
Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente do Brasil, ameaçando lançar o exército do MST contra a população insatisfeita, no mesmo dia em que a agência de classificação de risco Moody’s rebaixou a principal nota de crédito da Petrobras e retirou o grau de investimento, por conta da roubalheira comandada pelo PT na estatal que ele finge defender.
Maduro é o Lula venezuelano. Lula é o Maduro brasileiro.

Veja também: 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...