quinta-feira, 19 de março de 2015

PT expulsa prefeito preso com propina e explica que político tinha "pouca expressão"


Imagem: Reprodução / TV Globo
O PT do Estado do Rio expulsou na noite dessa quarta-feira, 18, o prefeito de São Sebastião do Alto, Mauro Henrique Chagas. O político foi excluído sumariamente do partido horas depois de ser preso pela Polícia Federal acusado de receber R$ 100 mil de um empresário. Em nota, o presidente do diretório estadual, Washington Quaquá, disse que o prefeito preso tinha pouca expressão no PT.


"Apesar de filiado ao PT, ele era uma figura de pouca expressão e nenhum envolvimento na vida partidária. No domingo, a reunião do Diretório Estadual irá referendar esta medida", escreveu Quaquá.

Leia também: 

Chagas foi preso nesta quarta-feira, 17, após receber R$ 100 mil como suposta propina exigida de um empresário para que sua empresa fosse contratada para duas obras no município. Os R$ 100 mil representam 10% do valor total dos dois contratos, para obras nas áreas de saúde e saneamento.

Veja também: 




Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...