terça-feira, 7 de abril de 2015

CUT espera reunir 10 mil pessoas em ato em São Paulo


Manifestação do dia 13 de março
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A CUT (Central Única dos Trabalhadores) espera reunir cerca de 10 mil pessoas no protesto marcado para esta terça-feira (7) em São Paulo.

O total de manifestantes esperados é menor do que o calculado pelo Datafolha no dia 13 de março, quando cerca de 40 mil participaram de ato na capital paulista com centrais sindicais e movimentos sociais em defesa da Petrobras e da presidente Dilma Rousseff.


A manifestação desta terça tem como pauta principal protestar contra a aprovação do PL 4330, que regulamenta a terceirização em contratos de trabalho, e defender bandeiras como a democracia e a reforma política.

Leia também: 

Para a CUT em São Paulo, por ser um ato com uma pauta mais específica do que o anterior, o número de participantes deve ser menor e mais restrito a militantes dos movimentos sindicais e sociais.

Em Brasília, contudo, a CUT espera que o protesto reúna mais manifestantes do que no mês passado. O projeto de lei sobre terceirização deve ser colocado em votação nesta terça na Câmara.

A central sindical acredita que levará para a frente do Congresso de 3.000 a 4.000 pessoas. Em março, o protesto reuniu, segundo a Polícia Militar, cerca de mil.

As manifestações desta terça estão programadas para São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Salvador, entre outras capitais. O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e a UNE (União Nacional dos Estudantes) estão entre as entidades sociais que participam do protesto. 

Veja também: 







Folha de S. Paulo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...