quarta-feira, 6 de maio de 2015

Aécio Neves chama programa do PT de "teatro do absurdo"


Imagem: Reprodução / Facebook
Após a transmissão do programa do Partido dos Trabalhadores na televisão, que não contou com a participação da presidente Dilma, o senador Aécio Neves, na condição de presidente nacional do PSDB, manifestou-se, através das redes sociais, chamando de "teatro do absurdo" o programa veiculado pelo PT. Segundo o senador, "o programa que o PT levou ao ar nesta noite é a mais enganosa e fantasiosa peça de propaganda já produzida por um partido e evidencia a que ponto são capazes de chegar".


Durante a transmissão do programa do PT, houve panelaços e buzinaços em todo o país. Veja o vídeo: 


Leia abaixo o texto publicado por Aécio Neves: 

O programa que o PT levou ao ar nesta noite é a mais enganosa e fantasiosa peça de propaganda já produzida por um partido e evidencia a que ponto são capazes de chegar.
Leia também:
'Dilma sacana, devolve a minha grana', pedem manifestantes em frente à casa da presidente
Dilma foge de manifestação em frente à sua casa no RS; assista ao vídeo
Dilma não grava participação em programa do PT e causa mal-estar no partido
Reportagem da TV Record apresenta investigação que pode levar à prisão de Lula; veja
O PT escondeu a própria presidente da República, como se o partido não tivesse também a total responsabilidade pelos atos praticados pelo governo nos últimos 12 anos e que trouxeram o país e as famílias brasileiras à grave crise hoje enfrentada pela população.
Diz a propaganda que o PT está ao lado do trabalhador e que não permitirá que seus direitos sejam cortados. Exatamente no mesmo dia em que chegam à Câmara dos Deputados duas Medidas Provisórias assinadas pela presidente em que são claros os cortes de conquistas dos trabalhadores.
O programa chega às vias de um teatro do absurdo que ofende os brasileiros quando o presidente do partido afirma que o PT e o governo combatem a corrupção.
O PT promete a expulsão de quem for condenado por corrupção, mas não explica aos brasileiros por que mantém entre seus principais nomes os condenados do mensalão José Dirceu e José Genoíno, entre outros que permanecem com poder de mando sobre o partido e sendo saudados como heróis. O partido que mais recebeu dinheiro de empresas privadas agora diz defender sua proibição.
Os dez minutos de propaganda política do PT utilizaram a mesma estética e o mesmo discurso da campanha eleitoral mais desonesta da história. Mas os brasileiros, que já foram vítimas de um estelionato eleitoral sem precedentes, não vão se deixar enganar novamente.
O programa do PT zomba da inteligência e desrespeita milhões de trabalhadores e de famílias que conhecem bem a realidade em que vivem.

Veja também: 




 




Luciana Camargo
Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...