quinta-feira, 7 de maio de 2015

Dilma tem que ser processada pela compra de Pasadena, diz colunista


Imagem: Reprodução / Veja
Um regimento interno da Petrobras foi encaminhado à CPI da estatal. O documento indica que os membros do Conselho de Administração, e particularmente a presidente do Conselho, tinham obrigação de solicitar informações adicionais caso não tivessem informações suficientes para tomar uma decisão como a compra da refinaria de Pasadena. Felipe Moura Brasil, colunista da revista Veja, afirma que este regimento prova que é necessário processar Dilma pelos prejuízos causados à estatal por essa compra, seja por dolo ou por negligência.
Leia abaixo o texto de Felipe Moura Brasil: 

Quando a Petrobras destruiu provas contra Dilma Rousseff, a estatal alegou que a eliminação das gravações de reuniões estava prevista em norma sigilosa de um regimento interno que até hoje não apareceu.
Leia também: 

Agora, outro regimento interno, encaminhado à CPI da Petrobras e obtido pelo Estadão, mostra que Dilma, como presidente do Conselho, tinha o dever de solicitar mais detalhes sobre a compra da refinaria de Pasadena, que deu um prejuízo de 792 milhões de dólares à estatal:
“Todos os conselheiros devem ler previamente o material distribuído e solicitar informações adicionais, se necessário, de forma a estarem previamente preparados para a reunião”.
Em 2014, ao ser questionada sobre a compra de Pasadena, Dilma justificou-se dizendo que se baseou num resumo executivo “técnica e juridicamente falho”.
O ex-diretor Paulo Roberto Costa declarou à CPI ontem (terça, 6) que o Conselho de Administração, presidido por Dilma, aprovou a aquisição sem “questionamento mais vigoroso”.
Não é a Petrobras que valoriza os seus regimentos internos? Pois então.
Este está em vigor desde 2006 e comprova:
Dilma é responsável legal e direta pelo pior negócio da história do capitalismo mundial.
A petista tem de ser processada por isso, independentemente se foi negligente ou cúmplice.

Veja também: 






Luciana Camargo
Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...