domingo, 24 de maio de 2015

Marcos Valério pediu e recebeu R$ 200 milhões para poupar Lula, diz Veja


Imagem: Reprodução / Veja
Marcos Valério avisou que acusaria Lula de comandar o mensalão se não recebesse 200 milhões de reais. O episódio ocorreu em 13 de fevereiro de 2006, segundo a VEJA.

Um confidente de Lula declarou à revista: “Um dia, um grande empresário me contou que havia sido surpreendido com um pedido de depositar recursos numa conta no exterior. O dinheiro era para o Valério”.


Sim: a chantagem deu certo e Valério se recolheu.

Leia também: 

VEJA acrescenta:

“Lula se livrou da CPI, reelegeu-se em 2006 e foi o efetivo cabo eleitoral de Dilma em 2010. Em 2012, Valério contou parte de seus segredos ao Ministério Público, tentando um acordo de delação premiada. Já era tarde. Lula não podia mais ser incluído no processo. O empresário cumpre uma pena de 37 anos de prisão. Definitivamente, não fez um bom negócio.”

Agora, José Dirceu está sentindo o bafo quente na nuca. Na iminência de ser preso por envolvimento no Petrolão, o mensaleiro, segundo a revista, “emite sinais de que pode contar o que sabe e fritar o antigo chefe”.

Além de insistir com seus interlocutores que o tesoureiro petista Delúbio Soares era um homem de Lula, Dirceu ameaça: “O Lula devia falar das visitas que o Valério fez à Granja do Torto”.

Veja também: 

 






Felipe Moura Brasil
Veja
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...