sexta-feira, 26 de junho de 2015

Dilma convoca reunião após delator da Lava Jato citar ministros e dinheiro para sua campanha


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A presidente Dilma Rousseff chamou uma reunião de urgência no Palácio da Alvorada após trechos da delação premiada do empreiteiro Ricardo Pessoa (UTC Engenharia) virem a público nesta sexta-feira (26).


Nas negociações para acertar os termos da delação (instrumento pelo qual um investigado entrega tudo o que sabe para reduzir sua pena), o empresário citou os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Edinho Silva (Secom), com quem afirma ter negociado e repassado recursos para campanhas petistas, entre elas a da própria Dilma Rousseff, em 2014.

Leia também: 

Ao receber a convocação da presidente da República, Mercadante e Edinho se dirigiram rapidamente à residência oficial.

Ambos confirmam ter se encontrado com Ricardo Pessoa, apontado pela Lava Jato como o chefe de um "clube de empreiteiras" que desviava recursos da Petrobras, mas negam ter recebido ou tratado de recursos irregulares para as eleições.

No caso de Mercadante, a citação do empreiteiro refere-se a uma doação feita em 2010, quando o petista era candidato ao governo de São Paulo.

Nas eleições do ano passado, Edinho atuou na campanha à reeleição de Dilma como tesoureiro da então candidata.

Veja também:






Andréia Sadi
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...