segunda-feira, 29 de junho de 2015

Em editorial, ‘The Washington Post’ aponta crise na democracia brasileira


Imagem: Kena Betancour / AFP
A visita da presidente Dilma Rousseff aos Estados Unidos motivou um duro editorial do jornal “The Washington Post” neste domingo. “A presidente enfrenta o desafio de sobreviver no Planalto e tentar governar por mais três anos e meio”, diz o texto, intitulado “Um retrocesso no Brasil”.


De acordo com o “Post”, “a bolha parece ter explodido”: o editorial aponta a recessão econômica e o caso Petrobras – “o maior escândalo de corrupção na História do país, com dezenas de empresários e mais de 50 integrantes do Congresso implicados” – como entraves que “provocam uma crise na democracia brasileira”.

Leia também: 
Em meio a denúncias, Dilma quer andar de bicicleta em Nova York; assessores temem vaia

O jornal diz que Dilma se reelegeu com um discurso de que seu principal opositor, Aécio Neves, se submeteria a banqueiros e ao Fundo Monetário Internacional (FMI), e ressalta que o PT se opõe às correções econômicas da presidente. “A senhora Rousseff está impondo as mesmas medidas de austeridade tipicamente defendidas pelo FMI, incluindo cortes nos subsídios de energia”, aponta o “Post”, que defende medidas liberalizantes na economia para resgatar a confiançade investidores.

O editorial cita ainda a queda de popularidade da presidente, frisando que “não será fácil” reverter o quadro. “Ela viu muito de seu poder efetivamente esvaziado por líderes congressistas, que diluíram algumas de suas medidas de austeridade”, diz. E defende a remoção de barreiras para o investimento privado doméstico e estrangeiro: “Sem isso, o futuro do Brasil permanecerá em suspenso”, conclui.

Veja também:






Flávia Barbosa e Isabel de Luca
O Globo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...