sábado, 15 de agosto de 2015

Atos anti-Dilma têm adesão em 238 municípios do país; veja mapa das manifestações no mundo


Imagem: Reprodução
Às vésperas dos protestos que prometem aumentar a pressão sobre o governo Dilma Rousseff, 238 municípios do país já tinham confirmado, no início da noite de ontem, os atos para amanhã. Também haverá manifestação em ao menos 19 cidades no exterior, localizadas em 11 países, como Alemanha, Argentina, Canadá, Estados Unidos, Itália, Portugal e Inglaterra. Em Brasília, o evento está previsto para ocorrer a partir das 9h30, com concentração no Museu da República. Na quinta-feira, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, disse que o Planalto vai monitorar as mobilizações.
Veja o mapa: 


Para o porta-voz do Movimento Brasil Livre (MBL), Fernando Holiday, as manifestações de amanhã terão caráter diferente dos últimos protestos. “O momento político atual é muito peculiar. As crises política e econômica fizeram com que o impeachment da presidente começasse a tomar corpo pela primeira vez. O que sentimos, ao divulgar o evento, é que as pessoas estão indignadas com o governo. Acreditamos que o mandato de Dilma se aproxima do fim”, afirmou.

Leia também: 
Ministro do TSE corrige Dilma: "Ela só tem a 'presunção da legitimidade do voto'"
Segundo o MBL, as manifestações pedirão mais do que a saída de Dilma. “Somos um movimento liberal, queremos a redução de impostos, menos burocracia. Vamos cobrar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que começou a se aproximar de Dilma, e exigir do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que coloque o impeachment em votação rapidamente”, disse Holiday.

Veja também: 

 






Jorge Freitas 
Diário de Pernambuco
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...