sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Janot denuncia Ricardo Pessoa, dono da UTC, ao Supremo Tribunal Federal


Imagem: Zanone Fraissat / Folhapress
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta sexta-feira (4) ao STF (Supremo Tribunal Federal) a primeira denúncia contra um executivo envolvido no esquema de corrupção da Petrobras.

O alvo é o dono da UTC Ricardo pessoa, apontado como chefe do cartel de empreiteiras que se uniu para participar dos desvios na estatal, que é acusado de corrupção ativa e lavagem de dinheiro.


Pessoa foi denunciado junto com o presidente da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e seu pai, o senador Benedito de Lira (PP-AL).

Leia também: 
PF indicia presidente da Comissão de Justiça da Câmara por corrupção

Arthur e Benedito já haviam sido indiciados pela Polícia Federal.

A Procuradoria Geral da República cobra dos três devolução de R$ 2,6 milhões por causa dos desvios e uma reparação de R$ 5,2 milhões por conta dos crimes no esquema de corrupção.

No documento, Janot afirma que "identificou-se ainda o envolvimento direto e intenso no pagamento de propinas por parte de Ricardo Pessoa" aos congressistas.

Pessoa foi preso a pedido do juiz Sérgio Moro em novembro do ano passado e depois consegui ir para prisão domiciliar por autorização do STF. Ele fechou acordo de delação premiada e se tornou um dos principais colaboradores. Ele teria implicado aos investigadores ministros do governo Dilma e políticos de partidos aliados.

Veja também: 











Márcio Falcão e Aguirre Talento
Folha de S. Paulo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...