quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Mais de 83% dos brasileiros acreditam que Lula e Dilma sabiam do petrolão


Imagem: EBC
O Instituto Paraná Pesquisas fez levantamento do conhecimento dos brasileiros sobre a operação Lava Jato e 93,5% responderam ter ouvido falar e sabem que envolvem corrupção na Petrobras e no governo federal. A estratégia de dizer que não sabia de nada, adotada por Lula no mensalão, não vai colar desta vez, pois 84,2% afirmaram que ele sabia da roubalheira. Lula deve se safar, de novo, de ser preso por corrupção, pelo menos é o que 66,3% dos brasileiros acreditam. Só 24,5% acham que o ex-presidente será preso.


A presidente Dilma também foi acusada de saber da maracutaia por 83,5% dos entrevistados. Vale lembrar que Dilma foi presidente do Conselho de Administração da empresa por oito anos, desde o nascimento do esquema.

Leia também:

Ao contrário do que se imagina, o juiz federal Sérgio Moro não se tornou uma celebridade e 82,4% não souberam dizer quem conduz as investigações. De acordo com a pesquisa, a grande maioria dos brasileiros, 71,5%, acredita que a atuação da Polícia Federal, investigando o envolvimento de políticos e do governo no maior esquema de corrupção da História, é positiva para o País.

Ao perguntar quem seria o maior responsável pelo roubo à Petrobras, 42,9% dos entrevistados culparam a falta de fiscalização dos tribunais competentes, 26,1% apontaram o governo e 13,3% atribuíram a culpa aos partidos políticos e às campanhas eleitorais. Apenas 4,4% disseram que a culpa é de diretores e funcionários da estatal, 3,2% veem as empreiteiras como culpadas e só 2,7% culparam os parlamentares.

Com relação às punições aos condenados, 54,2% acham que elas são leves demais e 40,6% acreditam que as penas são justas. Apesar de ter a condução dos trabalhos questionada por quem é investigado, apenas 3,8% dos entrevistados veem exageros na atuação do juiz Sérgio Moro. Apesar de 55,1% serem favoráveis às delações premiadas, 50,5% não confiam nas informações repassadas à PF e 47,2% acham que há muita corrupção que não será apurada e nem trazida a público.

Leia também: 

O pior resultado possível foi a descrença da população com relação às mudanças que a Lava Jato trará para o País. De acordo com a pesquisa, quase metade dos brasileiros, 48,6%, acreditam que a corrupção vai continuar como está, mesmo após a devassa promovida pela Lava Jato e 47,8% acham que as punições aos políticos envolvidos serão menores que a dos outros condenados.

O Instituto Paraná ouviu 2.060 pessoas em 23 estados e no Distrito Federal entre os dias 24 e 27 de agosto com checagem simultânea de 19,8% das entrevistas. A taxa de confiança é de 95% e a pesquisa tem margem de erro de 2% para mais ou menos.

Veja também: 

 





André Brito
Diário do Poder
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...