sábado, 28 de novembro de 2015

Delcídio chamou Dilma de 'autista' após alertá-la sobre pagamentos na Suíça a seu marqueteiro de campanha


Imagem: Reprodução / Veja
Em reportagem da revista Veja, assinada por Daniel Pereira e Rodrigo Rangel, revela-se que o senador Delcídio Amaral, líder do governo Dilma do Senado, chamou a presidente de "autista" a um colega deputado, após ver a reação da presidente ao seu alerta de que a prisão de Marcelo Odebrecht era "problema dela". Segundo Delcídio, a Odebrecht pagou a João Santana, marqueteiro de Dilma, no exterior. 
Leia o trecho do artigo: 

Terminada uma reunião no gabinete de Dilma Rousseff, em junho passado, Delcídio chamou-a de lado e disse a seguinte frase: "Presidente, a prisão (de Marcelo Odebrecht) também é um problema seu, porque a Odebrecht pagou no exterior pelos serviços prestados por João Santana à sua campanha". Delcídio contrariou o diagnóstico de Aloizio Mercadante, que ainda chefiava a Casa Civil, segundo quem a prisão de Marcelo Odebrecht "era problema do Lula". Ao deixar o Palácio do Planalto, Delcídio definiu Dilma a um colega de partido como "autista", espantado que ficou com o aparente desconhecimento da presidente sobre o umbilical envolvimento financeiro do PT com as empreiteiras implicadas na Lava-Jato. Na reunião, Dilma dissera aos presentes que as repercussões da operação nada mais eram do que uma campanha para "criminalizar" as empreiteiras e inviabilizar seu pacote de investimento e concessões na área de infraestrutura. "A Dilma não sabe o que é passar o chapéu porque passaram o chapéu por ela", concluiu Delcídio.

Leia também: 
Advogado de Cerveró é preso ao desembarcar no Rio
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...