sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Filha de jurista diz que ministros do STF manipularam e distorceram o pensamento de seu pai para aplicarem 'golpe' no impeachment


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O site O Antagonista relata que recebeu um texto indignado da filha do jurista Paulo Brossard, autor do livro "O Impeachment", que foi citado várias vezes durante o julgamento pelo STF que decidiu pelo cancelamento da eleição da Comissão Especial e deu poderes ao Senado para rejeitar o pedido. A filha de Brossard, Magda Brossard, afirma ter "tristeza e vergonha" pelo que ouviu na sessão e diz que seu pai certamente teria discordado da decisão do tribunal se fosse vivo. 

Leia também: 


Leia abaixo o relato do Antagonista e o texto da filha de Brossard: 

O eminente Paulo Brossard, autor do livro "O Impeachment", foi invocado por ministros do Supremo Tribunal Federal, para rasgar os artigos da Constituição que regem o processo de impeachment.
Magda Brossard, filha de Paulo, enviou um texto indignado ao Antagonista.
Leiam, por favor:
"Hoje tenho um sentimento de tristeza e vergonha pelo que ouvi em sessão do tribunal que meu pai integrou de forma honrada e livre. Ele foi um homem livre para pensar -- e para agir de acordo com sua consciência. Talvez isto o tenha feito tão extraordinário nos seus noventa anos de vida. Paulo Brossard passou pelos três Poderes, em momentos críticos e tumultuados, sem ter medo nem fazer concessões. A Lei foi sua bússola. Conheço seu pensamento, é incompreensível que tenha sido invocado e utilizado em sentido contrário às convicções que ele sempre manifestou, e que estão registradas em livro, artigos e votos. Ninguém está obrigado a concordar com as suas convicções, mas elas e sua memória devem ser preservadas. Não era preciso invocar lições de Paulo Brossard nos votos da maioria. Sei que ele teria discordado da decisão de hoje, se fosse vivo."
Magda Brossard

Veja também: 

 



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...