sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

‘Golpe é isso que vimos nesta quinta’, diz Jarbas Vasconcelos sobre decisão do STF


Imagem: Reprodução / Blog de Jamildo
Na avaliação do deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), a decisão do pleno do Superior Tribunal Federal (STF), da última quinta (17), representou um retrocesso para o País. Ao estabelecerem um novo roteiro para o andamento do impeachment da presidente Dilma, os ministros comprometeram, de forma decisiva, todo o processo. “Um governo apodrecido, sem rumo e perdido desde o seu primeiro momento e, até agora, ganhou fôlego graças a uma decisão da Justiça, que praticamente enterrou o impeachment”, afirma.

Para o parlamentar, o discurso do Governo e seus aliados de que o processo contra a presidente é um golpe na verdade é válido para os próprios governistas. “Falam que o impeachment seria um golpe. Golpe é isso que vimos nesta quinta. Um golpe dado pelo Governo de forma bem estruturada e com a ajuda de uma instituição como o Supremo”, avaliou.

Leia também: 

Ao agendar apenas para fevereiro a análise do pedido de afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara dos Deputados, o STF prestou, na opinião do deputado, um desserviço. “Vamos continuar vendo um desqualificado comandar um dos poderes da República. E quem chama ele de desqualificado não sou eu apenas, mas sim a Procuradoria Geral da República no pedido que fez do seu afastamento”.

O balanço do ano no Congresso Nacional, para Jarbas, é um dos piores já vistos ao longo de sua vida pública. “O ano começou ruim, permaneceu ruim e termina péssimo. Um ano tão medíocre que termina ainda com duas grandes figuras do PMDB se estranhando publicamente”, disse Jarbas numa referência aos embates dos últimos dias entre Renan Calheiros e o vice-presidente da República, Michel Temer. “Mas, no que depender de mim, continuarei firme nas minhas convicções e vigilante dos acontecimentos. Nem Cunha nem Dilma possuem mais condições de ocuparem os cargos que hoje ocupam”, conclui.

Veja também: 

 









Blog de Jamildo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...