quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Ação da Petrobras vale menos que um litro de gasolina


Imagem: Guito Moreto / Agência O Globo
A derrocada das ações da Petrobras deixou a estatal em uma posição um tanto inusitada. Com a desvalorização do barril de petróleo — que tem registrado seus menores patamares em 12 anos —, os papéis da empresa voltaram a cair na quarta-feira, com as ações preferenciais (PN, sem direito a voto) a R$ 4,43, após chegar a R$ 4,26 na mínima do dia. Com isso, o valor sequer é suficiente para comprar um litro da gasolina produzida pela própria estatal, dependendo do posto escolhido.
Leia também: 
Delação de Cerveró revela o 'poderoso chefão' e completa o elenco do petrolão, diz colunista

Se o motorista estiver na Costa Verde do Estado do Rio e precisar abastecer, por exemplo, em Mangaratiba, pode ter de pagar até R$ 4,79 pelo combustível, de acordo com levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) entre os dias 10 e 16 deste mês. Em Angra dos Reis, também na Costa Verde, o preço máximo ao consumidor era de R$ 4,72 — também acima do valor de fechamento das PNs.

Já na cidade do Rio, a situação não é tão embaraçosa para a estatal, já que o valor máximo do litro da gasolina, ainda conforme a ANP, era de R$ 4,199, cobrado por um posto no bairro da Glória, na Zona Sul. O preço médio no município é de R$ 3,88. No Estado do Rio, o valor mais baixo do litro da gasolina era encontrado em Petrópolis, na Região Serrana: R$ 3,58, para um preço médio de R$ 3,86.

Entre as capitais, o preço mais alto foi registrado em Salvador: R$ 4,25 de máxima. Em segundo lugar vem Porto Alegre, onde o litro da gasolina pode sair por até R$ 3,99, empatada com Maceió (máxima de R$ 3,99), seguidas por Aracaju (até R$ 3,97) e São Paulo (R$ 3,95).

Já a capital mais barata para abastecer é São Luís, no Maranhão, com mínima de R$ 3,24. Seguida por Florianópolis, onde a gasolina mais barata sai por R$ 3,27.

Enquanto isso, lá fora, os preços baixos do petróleo levaram muitos usuários do Twitter a comparar os valores da commodity com o de outros produtos. E um deles observou que a cotação do óleo — ontem o Brent estava abaixo de US$ 28 — custa cerca de três vezes menos que um barril de aço capaz de comportar esse petróleo (que sai por US$ 99 em uma loja on-line).

Veja também: 






Priscilla Aguiar Litwak
O Globo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...