sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Olavo de Carvalho denuncia censura no Facebook e pede ajuda a internautas


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Olavo de Carvalho denuncia mais um caso de censura no Facebook. Segundo Carvalho, a rede social já bloqueou as páginas de toda a sua família, após denúncias em massa que não são verificadas. Olavo de Carvalho afirma que se trata de uma campanha organizada para destituí-lo de todo meio de expressão, e pede a seus alunos e leitores que viralizem sua mensagem nas redes sociais. 
Leia também: 

Leia abaixo trecho do texto de Olavo de Carvalho: 

Não é do meu costume fazer isto, mas peço a todos os meus alunos e leitores que VIRALIZEM esta mensagem no Facebook, em outras redes sociais e em toda parte:
Primeiro o Facebook bloqueou a minha página.  Logo em seguida, a da minha esposa, Roxane. Agora, a da minha filha Leilah.
Isso é uma campanha organizada para me destituir de todo meio de expressão? É. 
Depois de excluído do Globo, da Zero Hora, do Jornal da Tarde e da revista Época, malgrado o enorme sucesso dos meus artigos entre dezenas de milhares de leitores, depois de mil tentativas de hackear o meu site pessoal e o do Seminário de Filosofia, é preciso impedir o meu acesso até mesmo às redes sociais, para que se cumpra a instrução baixada anos atrás pelo líder comunista Milton Temer: “Do Olavo de Carvalho não se fala.” Sim, é preciso calar o Olavo de Carvalho e deixar o espaço todo à mercê de detratores semi-analfabetos que se esmeram na produção de lendas difamatórias e provocações idiotas contra um autor que mal conseguem ler.
Leia também:
Sabotagens e trapaças tomam internet
Danilo Gentili ingressa em uma das maiores 'batalhas' políticas da história da internet brasileira; entenda

Os bloqueios no Facebook só vêm quando a central da empresa no Brasil recebe um número volumoso de denúncias em massa no prazo de umas poucas horas. Isso só pode acontecer em duas circunstâncias: (a) um post é tão obviamente escandaloso que suscita imediatamente a indignação espontânea de centenas de pessoas; (b) uma militância organizada, rapidamente posta em ação a chamado de um articulador, se faz de escandalizada e, no tempo hábil, entope o Facebook com denúncias fingidas. O bloqueio é automático.
Conhecendo-se a tolerância cúmplice do Facebook para com tantas mensagens obscenas e criminosas, é óbvio que nenhum bloqueio de mensagem minha pode se explicar pela hipótese “a”. Nunca o sr. Paulo Ghiraldelli, por exemplo, foi bloqueado pela sua apologia dos pedófilos, nem mesmo por suas especulações psicóticas sobre o coito anal como prática generalizada muito anterior, historicamente, à “descoberta” da penetração vaginal...

O uso fraudulento dos mecanismos de proteção do Facebook para censurar opositores já vem sendo denunciado há alguns anos, mas a empresa nunca se manifestou a respeito. 

Veja também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...