terça-feira, 15 de março de 2016

Após homologação da delação, Delcídio pede desfiliação do PT


Imagem: Douglas Pereira / UOL
O senador Delcídio do Amaral enviou nesta 3ª feira (15.mar.2016) uma carta ao PT pedindo sua desfiliação do partido.

Delcídio pretende, a partir de agora, dedicar-se à sua defesa no Conselho de Ética do Senado.

O processo de cassação de Delcídio será analisado amanhã (16.mar.2016), às 14h30, pelo Conselho de Ética.
Leia também: 

Os advogados de defesa do senador ingressaram com um pedido de adiamento da sessão do Conselho de Ética. Alegam, entre outras coisas, que o senador está em licença médica e não pode nesse período ter um processo aberto contra si.

O presidente do Conselho de Ética, senador João Alberto (PMDB-MA), está disposto a dar início ao processo já nesta 4ª feira.

Leia a íntegra da carta de desfiliação do PT enviada hoje (3ª) por Delcídio ao diretório do partido em seu Estado, Mato Grosso do Sul:

“Ao senhor Antonio Carlos BiffiPresidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores do Mato Grosso do SulSirvo-me do presente para informar minha decisão de desfiliação do Partido dos Trabalhadores.Desde já agradeço as providências necessárias.Atenciosamente,Delcídio do Amaral Gomez''

Veja também: 

 





Fernando Rodrigues 
Blog do Fernando Rodrigues
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...