domingo, 6 de março de 2016

Até Luciana Genro ataca Lula e o PT depois da condução coercitiva do ex-presidente


Imagem: Marina Mahmood / Folha de Pernambuco
A ex-deputada e candidata derrotada à presidência da República Luciana Genro postou em sua página no Facebook uma crítica ao ex-presidente Lula e ao PT. Segundo Genro, "é lamentável que uma liderança histórica como Lula tenha deixado de ser do povo para se aliar com as elites, governar com elas e delas receber presentes".
Leia abaixo o texto publicado por Luciana Genro: 

As revelações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal são graves e contundentes. Estamos diante de uma crise grave, econômica e social, somada a uma situação política na qual a corrupção e os interesses empresariais são a marca dominante na política.
Leia também: 

A delação de Delcídio, não confirmada mas também não desmentida por ele, se for de fato real, e ainda somada às investigações da PF e MPF, indicam o que suspeitávamos: o envolvimento, as ligações escusas de Lula e Dilma com empreiteiras. Mostram também o que já definimos desde 2003: a cúpula do PT abandonou a esquerda há anos.É lamentável que uma liderança histórica como Lula tenha deixado de ser do povo para se aliar com as elites, governar com elas e delas receber presentes. Lamento porque o PT, quando surgiu, foi uma construção necessária. Há milhares de petistas honestos que não merecem isso. E lamento também porque os atos da cúpula ao redor de Lula e Dilma deram de presente para reacionários como Caiado, Aécio e outros do mesmo quilate, junto com suas mídias vendidas, com seu neoliberalismo contra o povo, instrumentos que usarão para tentar desmoralizar a esquerda e atacar o povo.Esta direita, sabemos, sempre foi parte dos mesmos esquemas agora descobertos pela Polícia Federal, quer o poder para aumentar seus privilégios e aplicar o ajuste antipopular que Dilma já começou. Querem avançar nas privatizações e no desmonte dos serviços públicos.De nossa parte sentimos aumentar nossa responsabilidade para construir uma esquerda que não tem medo de dizer seu nome e não se alia com as elites para governar contra o povo. Vamos construir uma alternativa que resgate a esquerda coerente, independente da burguesia e seja um instrumento de luta para o povo enfrentar os ataques ao seu nível de vida, a corrupção e este sistema político apodrecido. Uma esquerda que possibilite construir um campo que se converta em uma alternativa de poder que ainda não existe.

Veja também:

 





Luciana Camargo
Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...