terça-feira, 22 de março de 2016

Odebrecht tinha estrutura profissional para o pagamento sistemático de propina


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Os promotores da força tarefa da Lava Jato estão dando uma entrevista coletiva para explicar a operação Xepa, ainda em andamento. O alvo central da Operação Xepa é o grupo Odebrecht. Descobriu-se que havia um setor próprio da Odebrecht para o pagamento de propinas no Brasil. O setor tinha funcionários só para fazer a contabilidade paralela. Para os promotores, Marcelo Odebrecht não apenas tinha conhecimento, mas comandava o esquema. O "departamento da propina" continuou funcionando normalmente após a prisão do presidente da empresa.

Leia também: 

Veja também: 







Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...