quinta-feira, 24 de março de 2016

Paraguai se recusa a assinar ameaça ao Brasil


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O governo do presidente paraguaio Horacio Cartes descartou assinar o comunicado que o Mercosul e a Unasul pretendem elaborar em apoio à presidente Dilma Rousseff, revelou nessa quarta-feira o vice-chanceler Oscar Cabello.

"Não intervimos nos assuntos internos dos países", disse Cabello, que ocupa interinamente o posto máximo do Ministério das Relações Exteriores na ausência do ministro Eladio Loizaga, em missão no Japão.
Leia também: 

"A postura do governo paraguaio é respeitar as instituições do Brasil", afirmou o funcionário.

O diplomata disse que se respeita a livre determinação do governo e do povo brasileiro. "É um país modelo para o mundo no respeito às suas instituições. O Paraguai não acha conveniente que se faça qualquer tipo de pronunciamento nem a favor nem contra ninguém", declarou Cabello a jornalistas.

"Nos ajustamos ao respeito à soberania dos países. Não apoiamos esse tipo de comunicados", reiterou.

Segundo o vice-chanceler, o Mercosul e a Unasul realizaram consultas para assinar uma declaração de apoio à presidente Dilma.

Veja também: 







AFP
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...