quinta-feira, 3 de março de 2016

PGR confirma acordo de delação premiada de Delcídio Amaral


Imagem: Reprodução / DP
A Procuradoria Geral da República confirmou na tarde desta quinta (3) a autenticidade da delação premiada do senador e ex-líder do governo Delcídio do Amaral (PT-MS), revelada pela revista IstoÉ. O advogado do senador e setores governistas colocavam em dúvida a autencidade do documento divulgado.


A confirmação de alta fonte da PGR foi feita à rádio BandNews FM. De acordo com reportagem de IstoÉ, Delcídio revelou que o ex-presidente Lula foi o mentor da reunião em que ele ofereceu dinhero e fuga ao ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, em troca do seu silêncio. Contou também que a presidente Dilma Rousseff tentou interferir nas investigações da Operação Lava Jato.

Leia também: 

Dilma também sempre soube das negociações para a compra superfaturada da refinaria de Pasadena, quando presidia o Conselho de Administração da Petrobras.

Delcídio foi preso no dia 25 de novembro após gravação revelar esquema de fuga do País de Nestor Cerveró proposto pelo parlamentar para evitar a delação do ex-diretor da Petrobras. No áudio, o senador propõe ainda uma mesada de R$ 50 mil mensais. Há pouco mais de uma semana, o petista deixou a prisão.

Veja também:



 
 





Diário do Poder
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...