quarta-feira, 27 de abril de 2016

Após criticar Lava Jato, advogado é 'descartado' por Temer para ministério da Justiça


Imagem: Zanone Fraissat / Folhapress
Depois de tomar conhecimento ainda na noite de terça-feira (26) da entrevista do advogado e amigo Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, em que ele fala praticamente como ministro, o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) avisou a assessores que o nome do criminalista está "descartado" para sua futura equipe caso o Senado aprove a admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma.


Segundo assessores, Temer considerou muito "ruim" e "errática" a entrevista do amigo Mariz, na qual ele critica o mecanismo das delações premiadas e diz que a Polícia Federal precisa ter outros focos além do combate à corrupção. Na avaliação do vice-presidente, este tipo de declaração, neste momento, é muito ruim porque dá munição aos que tentam acusá-lo de desejar parar a Operação Lava Jato.

Leia também: 

Em reunião com sua equipe na noite de terça, Temer avaliou que Mariz, por ser seu amigo pessoal, terá de compreender que suas declarações o colocam em situação complicada. O vice comentou com assessores que não pode ter em sua equipe um ministro que tenha críticas à Operação Lava Jato, que tem desempenhado, na visão dele, papel importante e fundamental para combater a corrupção no país.

Um assessor lembrou ainda que o vice destaca que as pessoas foram para as ruas no país motivadas, inclusive, pelas descobertas da Lava Jato e ele não pode assumir com uma linha de quem iria contra a operação do Ministério Público e da Polícia Federal.

Um auxiliar do vice disse que Temer reconhece que sondou o advogado e realmente cogitava tê-lo em sua equipe, mas agora desistiu do nome por ele ter avançado o sinal. Amigos de Temer lembram que o vice-presidente tem insistido também na tecla de que ainda não é possível dar declarações oficiais sobre futura equipe e medidas por respeito ao Senado e Mariz acabou quebrando esta regra. O amigo destacou ainda que Mariz havia sido sondado, mas não havia convite oficial para ele.

Veja também: 


 





Valdo Cruz
Folha de S. Paulo
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...