quinta-feira, 28 de abril de 2016

Caminhoneiros furam bloqueio no protesto do MTST na BR-153, em GO


Imagem: Divulgação / MTST
Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) bloquearam, na manhã desta quinta-feira (28), o trecho da BR-153 no Km 1.292, em protesto contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff, em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital. Eles atearam fogo em pneus, interrompendo o trânsito nos dois sentidos da rodovia, mas o bloqueio foi furado por caminhoneiros cerca de dez minutos depois.

O ato começou por volta das 6h e reuniu cerca de 20 famílias de integrantes da entidade. Segundo o coordenador do MTST em Goiás, Rogério da Cunha, o ato representa um repúdio ao eventual governo do vice-presidente da República Michel Temer, caso o impedimento da presidente seja efetivado.

Leia também: 

“A gente é contra esse golpe arquitetado pelo senhor Michel. O projeto dele é cortar os programas sociais, que são fundamentais à classe trabalhadora, às famílias do campo e da cidade. Diante de tudo que a gente tem visto, o golpe já está consolidado, resta a nós lutarmos para que a sociedade brasileira não perca direitos adquiridos”, afirmou o coordenador.

De acordo com ele, após os caminhoneiros atropelarem os pneus e furarem o bloqueio, membros do movimento optaram por suspender o protesto, pois consideraram que seria um risco para as famílias que participavam do ato.

Veja também: 

 





 


Murillo Velasco
G1
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

UOL Cliques / Criteo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...