quarta-feira, 13 de abril de 2016

Grupo Revoltados Online protocola pedido de impeachment de Dilma


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O movimento Revoltados Online, que tem entre seus líderes o ator Alexandre Frota, protocolou nesta quarta-feira (13/4) na Câmara dos Deputados um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. O documento foi elaborado pelos advogados Maristela Basso e Julio Casarin e se fundamenta em alegações de improbidade administrativa da presidente.


Para se diferenciar dos outros pedidos de impeachment que já foram levados ao Congresso, o grupo afirma que o pedido é do “povo brasileiro” e não de “juristas e técnicos”. Outro ponto é que o documento serve de base para uma denúncia feita de violação de direitos humanos por parte do governo Dilma à Corte Interamericana de Direitos Humanos.

Leia também: 
Ministros de Dilma avaliam que batalha do impeachment está virtualmente perdida
Cassada liminar que suspendia nomeação do ministro da Justiça
'Acho que acabou', diz ex-porta-voz de Dilma
'Governo Dilma se constituiu em cima de farsa de marketing', diz Ciro Gomes


O documento apresenta Marcello Reis como coordenador do movimento e afirma que ele possui “apoio irrestrito de milhões de brasileiros, que pensam como ele”. Segundo ele, são pessoas “indignadas com a corrupção e que desejam um Brasil ético, republicano e honrado para viver”.

Para os Revoltados Online, “não resta dúvida de que a conduta da chefe do Poder Executivo tem se revelado improba. A ausência de civismo republicano, de educação das maneiras, do espírito, da linguagem e das intenções, associada à falta de educação efetiva do discurso e das ações na administração pública são as razões deste pedido de impeachment”.

O pedido cita a operação “lava jato”, os decretos utilizados para pagamento de serviços da dívida pública, nomeações para cargos públicos. A violação aos direitos humanos se daria pelo desequilíbrio drástico do quadro socioeconômico brasileiro. Segundo eles, “é claro o descaso do Poder Executivo do país e os consequentes danos aos direitos fundamentais dos brasileiros — pessoas naturais e jurídicas”.  

Veja também: 








Fernando Martines 
Conjur
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...